A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho leva o nome de um dos maiores comunicadores da história do Brasil, fundador da Rede Brasil Sul (RBS), a maior empresa do segmento de comunicação na região Sul do Brasil, e um dos maiores do País.

Maurício era um comunicador nato. Ganhou popularidade ainda na escola ao imitar os locutores da Rádio Nacional nos recreios no Instituto Gimnasial (hoje Instituto Educacional) com uma lata de pescado presa a um cabo de vassoura. Aos 17 anos, com o dinheiro que ganhava trabalhando como locutor de um sistema de rádio-poste no centro de Passo Fundo, saiu de casa contrariando o pai e passou em um teste na Rádio Gaúcha, em Porto Alegre.

Maurício ainda voltaria a Passo Fundo a pedido da família, onde foi gerente de uma das primeiras integrantes das Emissoras Reunidas, mas, em 1950, fixa-se de vez em Porto Alegre. Em 1957, à frente do programa de auditório Maurício Sobrinho, da Rádio Farroupilha, compra em sociedade a Rádio Gaúcha, o embrião do Grupo RBS.

Já consolidado como um dos grandes líderes da comunicação do Brasil, Maurício cria em 1982 a Fundação RBS, que viabilizou projetos de interesse comunitário. Preocupado com as questões sociais, estimulou projetos principalmente em favor das crianças e dos adolescentes.

Um ano depois de sua morte, em 1986, a Fundação ganhou o seu nome, uma homenagem à sua dedicação às causas sociais.

Timeline

1925

1925

Nascimento

Nasce em 5 de junho em Erebango (RS), então distrito de Erechim, filho de José e Rita Sirotsky, imigrantes judeus de origem russa que se instalaram no norte do Rio Grande do Sul. O casal migrou para a cidade de Passo Fundo, onde administravam um armazém como negócio da família.

1938

1938

A Voz Do Poste

Com 13 anos, é locutor no sistema de alto-falantes Sonora Guarany, que funcionava no centro de Passo Fundo. Era comum serviços desse tipo em cidades do Interior sem emissoras de rádio. Entrevistando moradores, mandando recados e anunciando produtos, Maurício era “a voz do poste”.

1942

1942

Rumo à Capital

Apesar dos protestos dos pais, decide tentar a sorte em Porto Alegre. É aprovado como locutor da Rádio Gaúcha.

1946

1946

Gerente em Passo Fundo

Gerente em Passo Fundo
Volta a Passo Fundo, onde assume a gerência da Rádio Passo Fundo, criada por Arnaldo Ballvé e que depois deu origem às Emissoras Reunidas. Com tino comercial, gerenciava a emissora, mas mantinha as funções de locutor, animador e ator de rádio-teatro.

1949

1949

O casamento

O casamento
Casa-se em 17 de maio com Ione Pacheco. Viveriam juntos por 37 anos. O casal teve quatro filhos: Suzana, Sônia, Nelson e Pedro.

1950

1950

Retorno a Porto Alegre

Retorna a Porto Alegre e trabalha na Rádio Farroupilha, mas uma crise atinge a emissora e perde o emprego. Passa a trabalhar com publicidade. Anos mais tarde, fundaria a Mercur Publicidade com o irmão, Jayme, e dois sócios.

1953

1953

Rádio Farroupilha

É convidado para apresentar um musical na Rádio Farroupilha, o embrião do Programa Maurício Sobrinho.

1956

1956

Fenômeno Popular

Comanda o Programa Maurício Sobrinho, que marca época no rádio gaúcho. No palco do antigo Cinema Castelo, brilhavam nomes nacionais e locais da música brasileira. Maurício assinou o primeiro contrato da então iniciante Elis Regina.

1957

1957

Embrião da RBS

Começa a nascer a RBS. Maurício forma sociedade com Arnaldo e Francisco Ballvé para adquirir a Rádio Gaúcha e se torna empresário.

1962

1962

TV Gaúcha

TV Gaúcha
Funda a TV Gaúcha, canal 12, com Frederico Arnaldo Ballvé e Nestor Rizzo, inaugurada em 29 de dezembro. Em 1965, antes da extinção da TV Excelsior, a empresa afiliou-se à Rede Globo dando origem à RBS TV.

1967

1967

TV Caxias

TV Caxias
Criou a TV Caxias, formando a primeira rede regional de televisão do Brasil, e também a Rádio Atlântida, primeira emissora jovem do Brasil, em homenagem à Jovem Guarda e à praia de Atlântida Sul, no litoral norte gaúcho.

1970

1970

Zero Hora

Zero Hora
Adquire o controle acionário do jornal Zero Hora, formando a Rede Brasil Sul de Comunicações (RBS).

1979

1979

Santa Catarina

Santa Catarina
O Grupo RBS chega a Santa Catarina, com a inauguração da primeira emissora de TV.

1982

1982

Fundação RBS

Fundação RBS
Com a crença no poder transformador das ações sociais, cria a Fundação RBS, que cinco anos depois ganharia seu nome.

1986

1986

Despedida

Despedida
Depois de complicações cardíacas, morre no dia 24 de março, aos 60 anos. O governador gaúcho Jair Soares decretou luto oficial de três dias e seu enterro foi acompanhado por milhares de pessoas na capital gaúcha.